• Cláudia Tereso

Como trabalhar bem a partir de casa?

Seja por iniciativa nossa ou não, o teletrabalho ou home office é uma realidade dos nossos dias e por isso temos de nos adaptar e tirar o melhor partido desta nova situação.


A nossa casa tornou-se num espaço para várias atividades: o nosso lar, local de trabalho, creche ou escola, sala de reuniões, playground, restaurante… enfim, todo um universo de funções concentrado num mesmo local. Pode ser um grande desafio, principalmente para as mães, mas pode ser também uma oportunidade de repensar nas suas rotinas e na sua vida.


Pense, antes de mais, nas vantagens que o teletrabalho lhe traz!


Ora veja alguns exemplos: pode levantar-se mais tarde, pode tomar o pequeno almoço em família, tem maior flexibilidade de horários, não precisa de carregar com mala, portátil, papéis todos os dias, há uma diminuição das interrupções por parte da chefia ou colegas de trabalho, ganha um tempo extra para fazer outras coisas (entre 1 a 4h que não perde em deslocações), maior independência para gerir o seu tempo, pode ter uma alimentação mais saudável e económica, pode vestir uma roupa e calçado bem mais confortável, passa mais tempo em família e consegue acompanhar melhor os seus filhos, pode ir adiantando tarefas de casa entre tarefas de trabalho, usufrui mais da companhia do seu animal de estimação, pode aproveitar a hora de almoço para caminhar um pouco e conhecer melhor o seu bairro e a sua vizinhança, vive e aproveita mais a sua casa...


Faça agora esta reflexão para si e para o estilo de vida que tem, veja o lado positivo, interiorize os sentimentos de liberdade, alegria e até mesmo de empoderamento!


"Se não puder ter um local fixo em casa, crie um escritório móvel."

5 ideias que irão ajudar a entrar facilmente no modo teletrabalho:



1. crie uma rotina diária tendo em conta os vários papéis que tem de desempenhar em casa, mantendo o mais possível alguns dos rituais que já tinha (exemplo: beber um café antes de se sentar ao computador), sendo ainda importante definir um horário para terminar o trabalho e fazer a transição para o momento de descanso e família;


2. comuniquem entre todos: cada elemento da família poderá expor as suas prioridades e horários em que não podem ser interrompidos, cheguem a um acordo, responsabilizando cada um pelo seu compromisso, até as crianças.

Se possível, organize com o seu companheiro de casa os momentos em que um e outro podem ficar com as crianças, para o outro ficar mais livre e vão-se revezando. Podem também, por exemplo, criar um sinal, colocar um papel na porta a lembrar que durante a próxima hora ninguém pode entrar nem interromper, muito eficaz quando tem reuniões;

3. determine o seu espaço de trabalho: habitue-se a ter um espaço fixo para poder entrar facilmente no mindset de que vai trabalhar e que este seja confortável, inspirador e que tenha tudo o que precisa para trabalhar à mão, para evitar ter de se levantar frequentemente, seja por um agrafador, seja por um copo de água.

Se não puder ter este local fixo em casa, crie um escritório móvel, colocando todas as suas coisas de trabalho de uso diário numa mala ou mochila ou até num carrinho de rodas que poderá transportar facilmente e arrumá-lo em qualquer canto da casa;


4. respeite os seus momentos de pausa: em qualquer trabalho as pausas são necessárias e fazem com que volte depois com mais foco e energia! Faça uma simples pausa de 5 minutos para esticar as pernas ou uma pausa mais longa após o almoço e aproveite para apanhar um pouco de sol e respirar ao ar livre;

5. visualize o seu dia: antes de começar a trabalhar imagine como será o seu dia, reveja o planeamento que fez para essa semana, escreva as 3 prioridades do dia e como as vai concretizar. Este pequeno exercício é muito poderoso e mentalmente traça o mapa para chegar àquilo que definiu, o sucesso fica mais fácil de ser alcançado!



Fale connosco

Qual destas ideias tem mais dificuldade em pôr em prática na sua casa?

Nós podemos ajudar, contate-nos!


(Veja sobre o nosso serviço Express focado em Home Office)